Seguidores

Mostrando postagens com marcador invasão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador invasão. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Escola de Minas, além de não dar segurança, cobra que pais comprem câmeras


    Comento: Já passou da hora de ser criado a Guarda Municipal em Uberlândia. Até quando ficaremos refém das empresas de vigilância, além dos criminosos? Como se não bastasse a carga tributária altíssima, a péssima qualidade na educação, professores lutando para receber o piso, e agora ainda tem que pagar pela segurança na escola? Será que vamos assistir a tragédia de Realengo - Rio, se repetirá em Uberlândia?

domingo, 27 de maio de 2012

Jovem vai preso após invadir escola estadual em Uberlândia, MG

Um jovem de 22 anos invadiu na manhã desta terça-feira (22) a Escola Estadual Segismundo Pereira que fica no Bairro Santa Mônica,  em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo a direção da instituição,  ele entrou pelo portão dos alunos por volta das 7h. O jovem chutou mesas e carteiras e fez ameaças ao vice-diretor.

"Ele viu quando peguei o telefone para chamar a ronda escolar e perguntou se eu ia ligar para a polícia, quando mandou eu parar. Disse que, se eu ligasse, ele ia me matar", contou Florivan de Almeida Leal.

De acordo com o diretor Diego Resende Martins,o autor passou pelos três pavilhões e estava bastante alterado. "Ele parecia ter feito uso de bebida alcoólica e até de drogas. Pelas coisas que ele falava, se mostrava consciente no que estava fazendo, e ficou no local até a polícia chegar", disse o diretor.
Não foram registradas agressões físicas. Ainda de acordo com a direção, o jovem estudou na escola em 2007.

A ação durou cerca de meia hora. Funcionários da instituição chamaram a Polícia Militar, que conduziu o jovem à delegacia. Ainda não se sabe o motivo da invasão.


Comentário: Se essa moda pega...ainda bem que ele não estava armado...mas, o discurso psicótico como o maníaco de Realengo foi igualzinho...se dizendo ex-aluno, que tinha sido humilhado pelos professores, e mesmo preso, disse que vai voltar para matar o diretor da escola e quem denunciou...Já passou da hora da haver uma companhia de patrulha escolar. Já passou da hora de ser criada a Guarda Municipal em Uberlândia...será que vão esperar acontecer alguma tragédia?

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Exército tem ordem para invadir área ocupada por policiais militares












Presidente da Assembleia Legislativa pede desocupação da Casa a Exército
Comunicado foi realizado por volta das 17h30 no Quartel do Exército.
Comandante-geral está reunido com outros chefes neste momento.

As Informações  foram obtidas em primeira mão por este blog (17:16), através do Sd Roberto Caetano (PMES) que está dentro da Assembléia. O presidente da ALBA, deputado Marcelo Nilo (PDT) acaba de autorizar a entrada do Exército na Assembléia Legislativa. Os ânimos dentro da casa de leis estão exaltados. Praticamente todos os policiais e bombeiros estão armados.

Veja a matéria

(G1, às 18:11) O presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, se pronunciou por volta das 17h30 deste domingo (5), no Quartel do Exército, localizado na Mouraria, em Salvador. Dirigindo-se ao comandante das forças de segurança na Bahia, coronel Judias, Nilo solicitou providência para desocupação da Assembleia Legislativa o mais rápido possível. Os policiais militares grevistas estão acampados no local há seis dias.
O discurso do presidente legislativo foi rápido e ele não chegou a sentar. Ninguém do Exército comentou qual será a estratégia. Depois do comunicado, por volta das 18h, coronel Judias convocou reunião com outros comandantes, da Polícia Federal, Aeronáutica, Força Nacional, entre outros, para avaliar o pedido.
Pouco antes das 17h30, dois helicópteros realizaram voo baixo na Assembleia Legislativa para observar e intimidar os servidores grevistas. No local estão os policiais, muitos acompanhados de esposas, filhos e outros parentes.

Com a chegada dos helicópteros, os líderes do movimento pediram, através de carro de som, que os policiais se concentrassem na rampa principal, situada na área externa e que dá acesso à Assembleia.
Dois tanques do Exército chegou ao antigo Quartel, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), pouco antes das 18h. De acordo com o governo, eles estão monitorando a situação.