Seguidores

Mostrando postagens com marcador liberação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador liberação. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 1 de maio de 2014

DIA DO "TRABALHADOR": PRISCO PRESO É UM ESTUPRO CONSTITUCIONAL


 Mais uma vez aquele que representa a "democracia", a liberdade, o direito do trabalhador à greve, a cidadania como profissão e juramento, aliás, única em que se jura a própria vida para se garantir a vida do próximo, que são os policiais, bombeiros e militares das Forças Armadas. Mais uma vez, esta categoria que deveria ser valorizada em países que têm a cidadania já consolidada, (não é o caso do Brasil). A distorção aceita pela grande mídia, que além de omitir, criminaliza o ativismo político nas polícias, como se tivéssemos realmente alguma "santidade", sacerdócio, desumanidade talvez; para aceitar tantos estupros constitucionais como foi a prisão do militar e, também vereador Marco Prisco da PM Bahia.

 Eles esquerdistas, que tanto criticam, as vezes com alguma razão a ditadura militar brasileira, onde era comum a chamada "prisão para averiguação", sem qualquer fundamentação ou embasamento jurídico prévio; agora eles fazem exatamente a mesma coisa com o Prisco. E mais, ainda o jogam no meio das feras, preso numa penitenciária de segurança máxima, paradoxalmente onde alguns mensaleiros, reconhecidamente criminosos pelo STF, na famosa Ação Penal 470, onde se desviou milhões do erário, para garantir as votações favoráveis no Congresso. 

 O sentimento é de revolta, como um trabalhador brasileiro, um político, repito, vereador eleito, pode dizer que vive num país democrático?! Provavelmente Prisco deva ser libertado após a Copa. Gostaríamos muito que os pseudo-defensores das liberdades saíssem do armário agora, fossem às ruas, denunciassem o fato nas cortes internacionais de Direitos Humanos, colocassem toda a cidadania para fora, do peito e das fronteiras, para que o mundo saiba que não somos uma nação que apenas produz e come bananas...Libertem o Prisco já!!! Mantê-lo preso é a confirmação do Estado de Exceção, é o Estado "amarrando a vítima para que seja estuprada constitucionalmente", sob o pretexto descabido de que uma, de que apenas uma pessoa está causando revolta num estado inteiro, por lutar por melhores salários. Isso além de não corresponder aos fatos, é um crime sem precedentes na história brasileira, na dita democracia, que por essas atitudes, deve ser questionada se de fato é realmente democrática...

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

STF: Porte de drogas para consumo próprio tem prioridade

O plenário virtual do Supremo Tribunal Federal decidiu dar “repercussão geral” ao julgamento de um recurso extraordinário (RE 635659), com base no qual vai decidir se é constitucional ou não o dispositivo da Lei de Tóxicos (Lei 11.343/2006) que tipifica como crime o uso de drogas para consumo próprio. A decisão futura terá de ser aplicada pelas instâncias inferiores em casos idênticos.
A matéria será discutida em face do inciso 10 do artigo 5º da Constituição (“cláusula pétrea”), segundo o qual “são invioláveis a intimidade, a vida privada” das pessoas. O recurso, agora com repercussão geral, é da Defensoria Pública de São Paulo, e tem como relator o ministro Gilmar Mendes.Continue lendo no Jornal do Brasil:>>>>>>>>>