Seguidores

Mostrando postagens com marcador matador de pm. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador matador de pm. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 21 de abril de 2015

Após 9 meses de internação, Justiça extingue pena e solta menor que matou policial


NERVO EXPOSTO - Rebelião no Santo Expedito: poucas vagas para um número de menores infratores que não para de crescer no Rio
Em 3 de junho de 2013, o policial civil Luiz Cláudio Fonseca Perrota levava a esposa, grávida de três meses, para o trabalho quando seu carro, um Peugeot 207, foi interceptado por um Fox no bairro de Marechal Hermes, no subúrbio carioca. A reação instintiva teve um desfecho trágico e o inspetor de 50 anos morreu com um tiro na boca. Perrota engrossou uma estatística alarmante: a de policiais mortos em tentativas de assalto no Rio de Janeiro - somente neste mês, oito foram executados lutando pela própria vida. Um dos assassinos do inspetor foi preso 24 horas mais tarde. Roberto Alves dos Santos, o Bigu, tinha 29 anos e uma ficha com anotações de homicídio, tráfico, ameaça e porte ilegal de armas. Mesmo assim, nove dias antes do crime ele conseguiu um dos muitos benefícios da lei e foi colocado em liberdade. O menor que o acompanhava, porém, escapou. Até ser apreendido em julho do ano passado. Condenado a cumprir medida socioeducativa, R. J. A., de 17 anos, passou menos de nove meses dentro do Educandário Santo Expedito, em Bangu (RJ). No último dia 13, durante o mutirão judicial para reavaliar menores infratores que superlotam a unidade, o adolescente também ganhou outro benefício da lei, este bem mais significante: sua pena pelo assassinato do policial foi extinta e, assim, R. saiu pela porta da frente. Continue lendo veja.abril.com.br

quarta-feira, 9 de abril de 2014

PM localiza suspeitos de matarem sargento do Corpo de Bombeiros em Uberlândia

Imagens do local, onde os policiais conseguiram chegar até a caminhonete roubada do sargento Matos, que perdeu a vida, na última segunda-feira, dia 7 de Abril. Na ação, bandidos trocaram tiros com a PM, nesta manhã de quarta-feira, dia 9, sendo que um jovem de 19 anos morreu, um suspeito ficou ferido e o terceiro e último foi preso após abordagem policial na cidade de Perdizes, no Alto Paranaíba. 

O GiroFoto de hoje é do nosso colaborador: Ronivon Santos 

Caminhonete que foi roubada no latrocínio ao Sargento BM Matos

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Servição: Preso em Minas suspeito de matar PM em Campinas - SP


Suspeito foi detido pela Polícia Civil de São Paulo com apoio da delegacia local

A Polícia Civil de São Paulo, com apoio de policiais da 20ª Delegacia de Polícia de Espinosa, no Norte de Minas Gerais, confirmou a prisão de Gullit Fernandes de Olveira, de 22 anos. Ele é suspeito de participar da morte do policial militar Arides Luiz dos Santos, no domingo dia 12, horas antes de Campinas registrar uma de suas piores chacinas, quando 12 pessoas morreram.  De acordo com informações inciais, ele seria o autor dos disparos. A transferência de Oliveira deve acontecer neste sábado.

Após informações da Divisão de Investigações Gerais de Campinas feito com a Delegacia de Espinosa, informando que o autor Gullit teria parentes na zona rural e poderia estar escondido no município de Espinosa, a equipe comandada pelo delegado Herivelton Ruas Santana, da PC de Espinosa, passou a realizar ações visando localizar o possível esconderijo do acusado.

Com a confirmação, segundo site de notícias da cidade, de que realmente o acusado se encontrava na região de Espinosa, foi enviada uma equipe de policiais de Campinas que juntamente com os policiais mineiros iniciaram a operação policial que durou mais de 24 horas ininterruptas e culminou com a prisão do suspeito, o qual se encontrava escondido em uma comunidade rural entre os municípios de Espinosa e Sebastião Laranjeiras, na Bahia. O delegado de Espinosa relatou na manhã desta sexta-feira (24) a ação da prisão do acusado.

O delegado Herivelton Ruas Santana  contou com a participação dos investigadores Alex Sandro, Daniel Silva e Lucas Moreira, todos da Delegacia da Polícia Civil de Espinosa, além dos investigadores da Polícia Civil de Campinas, Alexandre Sampaio e Donizeth dos Santos.

Com informações de Felipe Tonon e o Jornal de Espinosa

domingo, 18 de novembro de 2012

Agora é a vez do Rio protestar contra a violência


CAMINHADA - SOS PMERJ
Dia 25/11/12, na Praia de Copacabana, em frente ao Hotel Copacabana Palace, a família militar e a população carioca de bem, irão as ruas protestar contra a violência seja dos civis, seja contra os profissionais da segurança pública. O evento é pacífico, ordeiro e cívico. Cidadania a gente não ganha, a gente constrói...COMPAREÇA!!!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Policiais e familiares protestaram contra a violência em São Paulo


    Emocionante! Vários policiais, da ativa e reformados, familiares e viúvas de policiais assassinados, além das autoridades estiveram presente no Ato Ecumênico pela Paz, promovida amiga Adriana Borgo. O evento atingiu seu objetivo, o de conscientizar a população, questionar a postura minimalista do secretário de segurança de São Paulo, que apesar das mais de 90 mortes, disse que "eram fatos isolados". Este protesto deixou bem claro que não era. Os policiais de São Paulo estão sendo caçados.

      Além da família militar, vários outros segmentos e civis engrossaram o coro por justiça, como movimento "Revoltados Online", representantes do partido (que ressurge) ARENA, deputado federal Protógenes Queiroz, Deputado Estadual Major Olímpio, Deputado Estadual Chalita,Vereador Eleito Coronel Telhada, lideranças da PM do Rio, dentre eles o Coronel Rabelo.

       O que foi bastante discutido é a possibilidade de algumas associações de São Paulo entraram com denúncia no Ministério Público, contra a omissão do secretário de segurança pública. Pois, segundo matérias veiculadas na imprensa, o secretário já teria acesso às informações, e não repassou para a tropa, que a partir daí vive dias de terror e assassinatos em série.

       Todos saímos do MASP - Museu de Arte de São Paulo, descendo a avenida Paulista rumo ao Mausoléu da PMESP, onde todos oraram e foi o momento mais difícil, principalmente para os familiares de policiais mortos.

         Agradecimento à todos que participaram, a imprensa que deu a justa cobertura necessária e as autoridades que participaram do evento. Próximas virão, a cidadania é uma criança que engatinha, e vai andar, num futuro bem próximo estaremos correndo rumo ao estado pleno dos Direitos Fundamentais...hoje tão distantes na prática.

          Deixo um agradecimento especial ao presidente do sindicado dos vigilantes de Uberlândia, na pessoa de seu presidente Juliano Modesto, pelo apoio que nos deu, viabilizando a nossa viagem até São Paulo. Muito obrigado!


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

PROCURA-SE MATADOR DE SOLDADO FELIPE RODRIGUES BARBOSA DO 36 BPM - VESPASIANO - MG

O n 143765-6, Sd PM Felipe Rodrigues Barbosa, foi alvejado por projéteis de arma de fogo, quando saía de uma festa que ocorreu nesse bairro. 


Na fuga os autores, apontados como sendo o “Fininho” e Sidney Francisco Soares “Chocolate” , conhecidos na região, levaram o Fiat Pálio, de cor prata, placa HEF-5776, que pertence ao militar e uma pistola cal. .40, que pertence a carga da PM. 


PROCURA-SE

Sidney Francisco Soares "CHOCOLATE".


O pessoal do 35 ja conhece... TM lá ja ta na captura.


Fonte: Blog da Renata

sábado, 30 de julho de 2011

Procura-se matadores de PM

UM PM MORTO E OUTRO GRAVEMENTE FERIDO, NO DIA 18 DE JULHO EM REALENGO. FAÇO UM APELO QUE DIVULGUEM O VÍDEO PARA QUE ALGUÉM POSSA IDENTIFICAR UM DOS BANDIDOS E DENUNCIÁ-LO!!! OS DOIS CABOS DO 16º BPM FAZIAM SEGURANÇA EM UM POSTO DE GASOLINA E FORAM ATACADOS QUANDO SE DIRIGIAM PARA UMA AGÊNCIA BANCÁRIA PARA FAZER UM DEPÓSITO DE 70 MIL REAIS. ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS MORREU E CRISTIANO NUNES FICOU GRAVEMENTE FERIDO.