Seguidores

Mostrando postagens com marcador passe livre. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador passe livre. Mostrar todas as postagens

domingo, 7 de julho de 2013

Manifestantes do Passe Livre, acampam em frente a Câmara Municipal de Uberlândia

#vemprarua - MOVIMENTO POR MELHORIAS NO TRANSPORTE PÚBLICO E PELA REDUÇÃO DA TARIFA ACAMPA PACIFICAMENTE CÂMARA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA

Gente, quem puder participar, venha fortalecer o grupo que está acampado na porta da Câmara Municipal de Uberlândia desde ontem (sábado, 06/07). A proposta é  a defesa da redução da tarifa para R$ 2,60 e por melhorias no  sistema de transporte público. O movimento é apartidário e sem líderes.  Convidamos quem puder participar, principalmente, amanhã, às 09 horas, quando os manifestantes esperam ser ouvidos pela Mesa Diretora da Câmara.  A Prefeitura deu apoio ao movimento, fornecendo os banheiros químicos e a água potável do DMAE para os militantes que estão acampados na porta da Câmara Municipal. A luta é de todos e de forma pacífica, sem aparelhamento partidário. Vamos unir forças, gente, por uma mobilidade urbana sustentável, com gestão democrática e transparência.
MOVIMENTO POR MELHORIAS NO TRANSPORTE PÚBLICO E PELA REDUÇÃO DA TARIFA ACAMPA PACIFICAMENTE CÂMARA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA
Gente, quem puder participar, venha fortalecer o grupo que está acampado na porta da Câmara Municipal de Uberlândia desde ontem (sábado, 06/07). A proposta é a defesa da redução da tarifa para R$ 2,60 e por melhorias no sistema de transporte público. O movimento é apartidário e sem líderes. Convidamos quem puder participar, principalmente, amanhã, às 09 horas, quando os manifestantes esperam ser ouvidos pela Mesa Diretora da Câmara. A Prefeitura deu apoio ao movimento, fornecendo os banheiros químicos e a água potável do DMAE para os militantes que estão acampados na porta da Câmara Municipal. A luta é de todos e de forma pacífica, sem aparelhamento partidário. Vamos unir forças, gente, por uma mobilidade urbana sustentável, com gestão democrática e transparência.
Fonte: Movimento Cidade Futura/foto Frank Barroso/via facebook.com

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Brasil à beira da guerra civil!

  As manifestações pelo descontentamento da má prestação dos serviços públicos no Brasil, parece não ter fim. O que seria uma "marolinha", segundo o Lula, ganhou fôlego e agregou à pauta, outras reivindicações além dos ("caros") vinte centavos. Na realidade essas duas moedas de dez centavos foi como se fosse gasolina ateada ao fogo, e desejos represados, anestesiados pelo carnaval, futebol, desta vez foram insuficientes para domar o povo. Como diria novamente o Lula: "nunca antes na história desse país"...

Todos estamos perplexo sobre qual final terá essa história, ao mesmo tempo que sonhávamos por esse dia, em que as massas arrebentariam as amarras, vivemos um período conturbado, com atos literais de revolta, contra a omissão do Estado, a corrupção de seus governantes, e o sofrimento do povo.

 Não seria exagero se considerássemos esses pequenos focos de violência, como um prenúncio do que está por vir, caso as reformas exigidas não venham com a velocidade imposta pelas ruas. Se os políticos acharem que nos enrolarão novamente, com promessas, com vaselina...pagará o preço altíssimo, ao ver a quantidade de vândalos proliferaram por todo o Brasil.

Especialmente a presidente Dilma Rousseff, se achar que freará as massas como fez com policiais e bombeiros do Brasil que lutavam por dignidade e melhores salários via PEC 300; produzindo escutas ilegais, prisões arbitrárias, expulsões abusivas, saiba que na revolta não há regulamentos capazes de segurar as massas. E mais, qualquer tentativa de criminalizar o movimento, cai por terra pelo histórico de arruaça que alguns atuais petistas tiveram, nas condutas homicidas, na prática de roubos, na morte de agentes da segurança pública nos anos setenta. Qualquer partido ou político que queira criticar o movimento tem que se lembrar disso, como também deveria usar os serviços públicos para ter a real noção dos anseios da população.

Enquanto manifestantes morrem atropelados, comerciantes têm suas lojas depredas e objetos furtados, a polícia faz das "tripas" coração para consertar as cagadas dos governos, "seja de qual bandeira for", a população ganha fôlego, via redes sociais, que servem de informação e arma visando ajoelhar essa classe política que ignora a iminência de uma guerra civil.

sábado, 22 de junho de 2013

Uberlândia fará novas manifestações, fique atento!


Hoje à tarde aconteceu uma Plenária do Movimento em ficou decidido a realização de 2 atos unitários nesta semana. Na segunda-feiram(24/06), às 17 horas. E na quarta-feira (26/06). Todos na Praça Tubal Vilela. A reivindicação principal é a redução da tarifa de, pelo menos, em R$ 0,25 centavos. Revindicamos também o fim da superlotação e outras revindicações apresentadas na plenária. 

Foto: G1
Texto Jornalista Frank Barroso

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Será que tem partidos financiando os vândalos?

 Esses partidos que lutam para aprovar a PEC 37, que absolveram políticos flagrados recebendo propina...não seria nenhuma surpresa se esses vândalos estejam contratados por esses partidos, justamente para confundir a opinião pública e desmoralizar os manifestantes...

Não podemos esmorecer ou temer esses vândalos. É fundamental que cada cidadão manifestante vigie os criminosos que tentam se passar como manifestante. Sabemos que nenhum efetivo policial brasileiro conseguiria, por si só, contê-los. Tão importante lutar contra a corrupção e pela redução das tarifas de ônibus, também é vital que zelemos pela liberdade de manifestação. Não vamos deixar que essa minoria, financiada sabe-se lá por quem, tente criminalizar o movimento.

Anastácio Q.A.P

terça-feira, 18 de junho de 2013

DITADURA DIGITAL: FACEBOOK É RETIRADO DO AR EM ALGUMAS CIDADES DO BRASIL

    Paralelo a ânsia de comunicação dos manifestantes, algumas cidades brasileiras estão sem conexão com o facebook, uma das principais redes sociais catalisadoras dos manifestantes. 

    Por trás dos "mínimos" R$0,20 centavos, está a relação promíscua da maioria das prefeituras com as empresas de ônibus, que na época das campanhas eleitorais vendem o povo em troca dos financiamentos das campanhas eleitorais! Isso tem que ser dito! Se as passagens são caras, não é somente os custos do óleo diesel, pneus, e funcionários que estão agregados às passagens, está embutido o "patrocínio" dessas empresas a maioria dos prefeitos do Brasil!

VÍDEOS: PROTESTOS PELO BRASIL MAIS DE 250 MIL FORAM ÀS RUAS


segunda-feira, 17 de junho de 2013

BRASIL: QUASE GUERRA CIVIL COM MANIFESTAÇÕES NO BRASIL, ACOMPANHE AO VIVO

O nascimento da anarquia: "Vem pra rua, é a maior arquibancada do Brasil"

  

       
Qual a lógica dessa onda de protestos que "contaminou" o Brasil em plena época que seria de festas, bebidas e anestesia massificada? Além dos problemas internos como corrupção, falta de qualidade na prestação dos serviços sociais, dentre eles o transporte público; há a troca de informações na maior arma mundial que os governantes demoraram para dar conta, do quão letal ela é, para povos revoltados, evidente que falamos da internet. Com um click, literalmente se muda o mundo!


       Voltando ao Brasil, vemos vários comerciais temáticos em ritmo de copa, especialmente um deles me chamou atenção por vários motivos, que detalharei a seguir. O primeiro foi a trilha sonora, muito bem feita, com o cantor Falcão, e com a letra: "Vem pra rua, porque a rua é a maior arquibancada do Brasil". Num momento de revoltas generalizadas, não poderia ter letra mais atual que involuntariamente sirva de convocação à massa. O segundo ponto, é que essa letra é usada numa propaganda de automóvel; e como se não bastasse a ironia, a triste coincidência é o carro, modelo Uno, que atropelou alguns manifestantes no dia 12 de junho na Avenida Paulista, é da mesma marca do comercial.


       O interessante é que mesmo as manifestações tendo apoio dos partidos, ao contrário do que o governador do Rio disse, elas são a expressão do povo. Se assim não fosse, poderíamos dizer que a marcha pelos royalties do petróleo organizada pelo próprio Sérgio Cabral, também não foi espontânea. Afinal, todo movimento, para obter sucesso tem que ter o mínimo de organização.

        O "legado da copa" como dizem os marqueteiros da bola, é que essas manifestações estão muito além do maniqueísmo direita esquerda, ou do partido a contra o b. A grande maioria dos presentes não estão buscando holofotes para saírem candidatos em 2014, o que eles questionam é justamente o contrário, dizem não ao poder instituído. Os homens da propaganda esperavam tudo, fomentar as vendas de milhões de carros, mas, jamais imaginaram que suas propagandas serviriam contra o Estado e o estado de coisas. A anarquia nasceu com o seguinte refrão: "Vem pra rua, que a rua é a maior arquibancada do Brasil."

          Anastácio Q.A.P