Seguidores

Mostrando postagens com marcador revista íntima. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador revista íntima. Mostrar todas as postagens

sábado, 6 de junho de 2015

Proibição de revistas íntimas causa insegurança em agentes de presídios

  A decisão da Justiça do dia 3 de junho em proibir revistas íntimas de visitantes na penitenciária de Itirapina (SP) desagradou os sindicatos dos agentes e funcionários do sistema prisional. Para eles, a medida coloca em risco a segurança nas penitenciárias. A assessoria de imprensa do Palácio dos Bandeirantes informou que as visitas estão mantidas no sábado (6) e que na segunda-feira (8) a Procuradoria Geral do Estado decide se vai recorrer da decisão.
  
  Os agentes das penitenciárias relatam apreensão por conta da medida. “Não há nenhuma ferramenta que impeça armas de plástico de entrarem, explosivos plásticos, dinamite”, comentou o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de São Paulo (Sindasp), Daniel Grandolfo.

O medo surgiu após uma liminar que proíbe que os visitantes passem por revistas consideradas humilhantes. O pedido foi feito pela defensoria pública, que considera a prática um atentado aos direitos humanos. “A Defensoria fez uma visita à P2 de Itirapina no fim de semana e constatou um padrão de violação dos direitos humanos da dignidade sexual das visitantes dos presos”, falou o defensor público Vinícius Leite. Continue lendo no G1


sexta-feira, 22 de maio de 2015

Promulgada a lei que proíbe a revista íntima de presos


                       Por 49 x 2, sendo o meu voto um dos contrários, foi derrubado o veto e será promulgada a lei que proíbe a revista íntima de presos. Veja meu breve pronunciamento sobre a polêmica:Clique e assista o vídeo

            Essa iniciativa não atende aos anseios da população ordeira, mas sim à população carcerária, de assaltantes, assassinos e estupradores que, a partir de agora, não podem mais sofrer revista íntima, o que, segundo os defensores da lei, "atenta contra a dignidade da pessoa humana".

            Temo pelas vidas dos agentes penitenciários, que terão ainda mais dificuldade de impedir que drogas, celulares e armas entrem nos presídios e acabem sendo usadas contra eles em possíveis rebeliões.

            Sem antes investir em tecnologia e com efetivo muito aquém do necessário, garantir mais esse direito aos criminosos é um tapa na cara da sociedade, que não aguenta mais ser vítima de bandidos cada vez mais audaciosos, encorajados e com defensores no Legislativo.

             A exemplo da farsa do desarmamento, mais uma vez, os vagabundos agradecem!
  
            Abaixo, como votaram os deputados:

 
                                                      FLÁVIO BOLSONARO
                                                      Deputado Estadual RJ

sábado, 15 de outubro de 2011

Afastados PMs que abordaram atriz global e a levaram para a delegacia


Os dois policiais militares que abordaram a atriz e cantora Thalma de Freitas na noite de sexta-feira foram afastados temporariamente de suas funções. 
Após ser revistada pelos agentes próximo à comunidade da Chácara do Céu no morro do Vidigal, zona sul do Rio  de Janeiro, Thalma foi levada ao 14º DP (Leblon), onde passou por uma revista íntima por policiais femininas. Logo em seguida, a atriz registrou queixa contra abuso de autoridade.

Atriz prestou queixa por abuso ed autoridade
Atriz prestou queixa por abuso de autoridade

Segundo os policiais militares que efetuaram a abordagem, Thalma descia a escadaria de acesso à comunidade da Chácara do Céu, no Morro do Vidigal. A atriz estaria visitando onamoradomorador de um condomínio próximo à região. Nada foi constatado em nenhuma das revistas policiais.
O comandante do 23º BPM (Leblon), coronel Álvaro Sérgio Alves de Moura, determinou a abertura de procedimento apuratório para investigar as circunstâncias da abordagem. Segundo ele, os PMs ficarão afastados das atividades operacionais até o fim da apuração.
Terra/Jornal do Brasil