Seguidores

Mostrando postagens com marcador sexo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sexo. Mostrar todas as postagens

domingo, 17 de fevereiro de 2013

SUBCULTURA, MISTO DE MÚSICA E SEXO ORAL NO PALCO. CADÊ AS FEMINISTAS DE PLANTÃO?

A banda Chica Égua com letras de duplo sentindo, e muitas vezes de sentido direto, que levam as pessoas a praticarem gestos obscenos e fazerem apologias ao uso de drogas e desvalorização da mulher vem sendo alvo de duras críticas e investigação pelo Ministério Público (MP), desde que algumas fotos vazaram nas redes sociais de mulheres praticando sexo oral em homens em cima do palco da banda durante uma de suas apresentações em uma casa de shows de Teresina. 

O promotor de justiça, Francisco de Jesus, titular da Promotoria da Mulher afirma que os envolvidos estão sendo identificados e que os integrantes da banda poderão sofrer processos jurídicos e civis, mas que poderão continuar realizando seus shows, desde que, mudem as letras de seu repertório, caso contrário poderão ser autuados em flagrante. “Eu fiquei muito triste quando vi essas imagens nas redes sociais, pois vai contra todo o trabalho que estamos desenvolvendo na promotoria do resgate a valorização da mulher, fazendo insinuação de sexo em cima do palco, assim como associado a outros crimes, como o uso de drogas”, afirmou Francisco de Jesus. 

João de Deus, deputado estadual em Teresina (PT) apresentou um projeto de lei que será votado na Câmara que proíbe o apoio, incentivo, patrocínio a esse tipo de bandas, o que eles chamam de “Cultura Suja. “Nós apresentamos esse projeto que estabelece que o poder público fica proibido de financiar tudo aquilo que chamamos de cultura suja”, ressaltou o deputado. O projeto de lei poderá ser votado nessa terça (26) pela Câmara Municipal de Teresina. 


O promotor e o deputado ressaltaram a importância de os poderes públicos estarem unindo forças para combater esse tipo de violência contra a mulher.


Fonte: Waldelúcio Barbosa/site meionorte.com


terça-feira, 31 de julho de 2012

Tenente da PM Júlia Liers visita Museu do Sexo, na Holanda

Em viagem à Holanda, a tenente da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Júlia Liers de Oliveira visitou o Museu do Sexo, situado em Amsterdã. Até aí tudo bem, mas a moça não ficou só de olhos nos lindos parques de tulipas, atrações daquele país. A policial, de 27 anos, não resistiu ao ver uma das salas, onde um falo gigante estava em exposição, e fez uma foto. Feliz da vida, ela postou sua imagem no Facebook.

Para quem não se lembra no Carnaval 2010, a beldade desfilou como rainha de bateria da Independente de S Musas da Mangueira fazem homenagem a Nelson Cavaquinho ão João de Meriti. No ano passado, saiu como destaque na Mangueira, Grande Rio e no bloco Cordão da Bola Preta.





Comentário nosso: Na linguagem da caserna, diríamos que ela está "coberta e abrigada"...

sexta-feira, 30 de março de 2012

Direitos sexuais para crianças de 10 anos?!

VIDA SIM, ABORTO NÃO!

Wagner Moura

O mundo pode até não acabar em 2012, mas pouca coisa de aproveitável vai sobrar se tanta notícia ruim se concretizar. Olha só o que eu acabo de ler no Friday Fax, o informativo dos pró-vida que atuam diretamente na ONU (o pessoal do C-Fam): ONU Poderá Reconhecer Direitos Sexuais para Crianças de Dez Anos.

Assim diz o texto de Friday Fax: A Comissão sobre População e Desenvolvimento está considerando “direitos de saúde sexual e reprodutiva” para crianças até de dez anos. Até mesmo o secretário-geral Ban Ki-Moon concorda. Numa declaração recentemente dada ele disse: “Os jovens, tanto quanto todas as pessoas, têm o mesmo direito humano à saúde, inclusive saúde sexual e reprodutiva”.

Taí: quando se acaba com o direito à vida, se acaba com todos os demais! Se a criança não tem nem o direito de nascer, quanto mais o direito à proteção contra toda perversão sexual. É muito triste e, no entanto, a ONU está propondo essa coisa terrível.