Seguidores

Mostrando postagens com marcador sos pmerj. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sos pmerj. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Segurança Pública do Rio em crise financeira, política, moral

   Depois da onda de roubos sucessivos no Rio de Janeiro, estado que vai sediar as Olimpíadas 2016, o governador "Pezão" resolveu dividir a culpa para os altos índices de crimes com a justiça. Segundo ele a polícia está fazendo o seu trabalho apesar das dificuldades. Inclusive irá contratar mais centenas de pms e policiais civis, mas, se a justiça manda soltá-los...Analisando a fala do governador até poderíamos dizer que ela está correta, que seria uma "verdade". Seria! Assim como não é verdade que o desarmamento da população soluciona os crimes.

   O PMDB, partido do governador, está no poder desde 2002, sempre apoiando a política fracassada de segurança do partido dos trabalhadores. Aliás, eles têm a maioria tanto no Senado como na Câmara de Federal. E aí, de que adianta essa maioria governador? Os juízes trabalham com leis. É redundante, mas, todos sabem que a justiça não cria leis. No máximo vota pautas polêmicas e por vezes impopulares, quando a hipocrisia política não quer encarar determinada polêmica. 

   Outra falácia que parte da mídia, muitas financiadas pelos governos não querem admitir, é que o desarmamento dos civis não tem relação nenhuma com os altos índices. Se assim fosse não veríamos ou viveríamos na idade da pedra com criminosos atacando suas vítimas com facas. De que valeu o referendo de 2003 que disse Não ao desarmamento? (Clique e leia mais sobre o referendo). Não é uma democracia? A vontade popular não deveria, em tese, ser respeitada? A voz do povo nesse caso, decididamente não foi a "voz de deus".

   Então governador do Estado do Rio de Janeiro, o senhor deveria era pressionar a bancada do PMDB no Congresso Nacional, especialmente o presidente da Câmara Federal, deputado carioca Eduardo Cunha, do mesmo partido do senhor, para que se mexa e vote as reformas de que tanto o país clama. Fazer teatro, jogo de cena para as emissoras e o povão desinformado já não faz efeito. O povo está sentindo literalmente na pele as consequências da inércia sua e de seu partido. Enquanto isso as verbas de gabinete dos deputados foram aprovadas. Enquanto isso os helicópteros das polícias estão parados por falta de recursos (lei mais...) para pagar as empresas que fazem as respectivas manutenções. Enquanto isso o senhor Secretário de Segurança Pública do mesmo Rio José Mariano Beltrame, está denunciado pelo Ministério Público pela compra de várias viaturas, em tese, com preço superfaturado. 

   Que se faça justiça governador...

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Nove policiais militares são mortos por mês no Rio, ("welcome Olimpíadas")


Última vítima foi soldado do BPM de Irajá, em Guadalupe

MARCELLO VICTOR E VANIA CUNHA

Rio - A morte do soldado Anderson Senna Freire, na madrugada desta quarta-feira, em Guadalupe, fez o Rio chegar a um índice alarmante: em cada um dos últimos 11 meses, em média, nove policiais militares foram assassinados — 85 em dias de folga e 18 em serviço, de janeiro até as 21h desta quarta. Em 2013, 111 agentes morreram assassinados. 

Lotado no 41º BPM (Irajá), Anderson foi baleado na cabeça durante um ataque de bandidos. O colega dele, o soldado Bruno de Moraes, foi ferido no ombro e está internado no Hospital Estadual Albert Schweitzer , em Realengo. 
PMs são baleados em Niterói e São Gonçalo
De acordo com o Serviço Reservado do batalhão, os dois PMs encerrariam o serviço à 1h e retornariam para a unidade. Quando passavam pela Avenida Brasil, foram atacados por ocupantes de um Fiat Punto prata. Segundo testemunhas, os bandidos desceram do veículo disparando. Pelo menos três tiros perfuraram o vidro dianteiro e a lataria da viatura. Surpreendidos, os policiais não tiveram tempo de reagir e acabaram baleados. Continue lendo no ODia >>>

sábado, 7 de junho de 2014

Policiais Militares são humilhados no RIO, longe do padrão Fifa

Reprodução da capa do jornal O Dia
Reprodução da capa do jornal O Dia

É desumano e completamente vergonhoso o que está acontecendo na PM. Policiais serem obrigado a dormir no chão em cima de pedaços de papelão como se fossem moradores de rua. Não é à toa, que como mostramos aqui na semana passada, o comandante do Batalhão de Eventos Especiais pediu demissão. Esse não é o padrão FIFA, é o padrão Beltrame - Pezão. 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES PRESOS ILEGAIS EM BANGU 1 TOMAM PROVIDÊNCIAS

Prezados leitores, todos que vivenciam o cotidiano do nosso espaço democrático sabem que o governo Cabral encarcerou ilegalmente em Bangu 1, os Bombeiros e os Policiais Militares que lutaram por melhores salários e por adequadas condições de trabalho, violando nossos direitos e prerrogativas.

Os Bombeiros Militares vitimados pelo autoritarismo governamental se reuniram e apresentaram uma queixa-crime sobre o fato contra o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros.

Os Policiais Militares não conseguiram agir em conjunto até a presente data, isso fez com que o organizador do blog, Coronel PM Ref Paúl, protocolasse o documento a seguir publicado, solicitando que seja passado em CERTIDÃO informações sobre a referida violação para encaminhamento ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.




Tão logo seja recebida a CERTIDÃO os procedimentos serão desenvolvidos.
Os leitores serão informados através do nosso espaço democrático.