Seguidores

Mostrando postagens com marcador sospc. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sospc. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Investigadores e escrivães da Polícia Civil fazem ato hoje 15/08, em SP

Os sindicatos dos investigadores e dos escrivães da Polícia Civil de São Paulo promoverão um protesto no vão livre do Masp, na avenida Paulista (região central de São Paulo).

O evento com representantes das duas categorias é chamado de “Operação Cumpra-se a Lei” e começará às 14h.

De acordo com os dois sindicatos, um dos principais objetivos da mobilização é fazer com que o gestão de Geraldo Alckmin (PSDB) equipare os salários das duas categorias com nível universitário e uma carreira única.

Na sexta-feira, os dois sindicatos participarão de uma audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo para discutir a PLC-9/2012 (projeto de lei complementar) que altera as exigências para ingresso na carreira de delegado da Polícia Civil.

ANDRÉ CARAMANTE DE SÃO PAULO/blog FLITPARALISANTE


segunda-feira, 30 de julho de 2012

General Adriano Pereira: esclarece o que é ser soldado do exército e soldado da PM

O general ADRIANO PEREIRA JR, hoje em entrevista no Programa Canal Livre da Band, 30 de julho de 2012, demonstrou entender mais da Polícia Militar do que os próprios PMs. Ele explicou a diferença entre um soldado da PM que é de carreira e de um soldado do Exército.

Não existe carreira de soldado do Exército, este é treinado para a guerra que é um serviço excepcional. E o soldado da PM tem uma vida inteira para desempenhar essa função, assim ele não pode ser pautado pelo REGULAMENTO DO EXÉRCITO, que é feito para períodos de exceção, ou seja, GUERRA!

O próprio General em sua entrevista deixou claro que os códigos aplicados no EXÉRCITO não devem ser aplicados para os SOLDADOS DA POLÍCIA MILITAR, as funções são de natureza diferenciadas.

Usar o regulamento do Exército para a Polícia Militar é infringir direitos trabalhistas duramente conquistados ao longo de décadas, precisamos rever isso com o máxima urgência. Coronéis da PM, o próprio General do Exército deu a deixa…

quinta-feira, 12 de julho de 2012

POLÍCIA CIVIL DE GOIÁS ESTÁ EM GREVE

Motoqueiro morreu após bater em traseira de caminhão (Foto: Diomício Gomes/Jornal O Popular)

Um jovem de 19 anos morreu em um acidente de moto na manhã desta quarta-feira (11), no Setor Cândida de Morais, em Goiânia. Por causa da greve na Polícia Civil, o corpo só foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML) seis horas após a tragédia. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a vítima caiu da moto e foi atropelada por um caminhão.
Testemunhas disseram que o motociclista bateu na traseira de um veículo de passeio, caiu e foi atropelado pelo caminhão que carregava areia. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o rapaz não tinha carteira de habilitação.
A Polícia Civil de Goiás entrou em greve na manhã desta quarta-feira (11) para reivindicar o aumento no piso salarial. Segundo o presidente do Sinpol Silveira Alves de Moura, apenas 30% do efetivo está funcionando.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

DIFERENÇAS ENTRE BOMBEIROS, PMS E POLICIA CIVIL DO RIO DE JANEIRO ANTES E DEPOIS DAS GREVES

Wagner Pedro de Oliveira 

"Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis." (Bertold Brecht)

BOA TARDE ESTIVE ANALISANDO OS FATOS ACONTECIDOS DURANTE AS GREVES DOS PMS E BMS E POLICIAIS CIVIS DO RIO DE JANEIRO E DEPOIS DE MUITA AVALIAR BUSCAR INFORMAÇÕES COM AMIGOS QUE PARTICIPARAM DA NOBRE LUTA CHEGUEI A CONCLUSÃO APOIADA NA REALIDADE DE HOJE COMO VIVEM OS QUE SE SACRIFICARAM POR TODOS OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA DO RIO DE JANEIRO QUE FORAM EXCLUÍDOS POR TEREM CORAGEM DE LUTAR E REIVINDICAR SEUS DIREITOS COM CLAREZA SEM SENTIMENTOS E SEM DIFERENÇAS PESSOAIS:

1- A POLICIA CIVIL COMETEU TRAIÇÃO AO ABANDONAR O MOVIMENTO E NÃO APOIAR A GREVE NO MOMENTO DOS ACONTECIMENTOS, POIS NUNCA ESTEVE EM BRASÍLIA PARA REIVINDICAR SALÁRIOS, E NO MOMENTO MAIS CRUCIAL SE OMITIU E SE ESCONDEU NA GREVE ABANDONANDO OS DEMAIS LÍDERES DAS PMS E BMS, O MOTIVO? QUEM SABE CARGOS, SALÁRIOS PODE SER QUALQUER MOTIVO MENOS O DE ESPIRITO DE COLEGUISMO E CORPO SÓ APARECENDO DEPOIS DA DIVULGAÇÃO EM MASSA NA MÍDIA E REDES SOCIAIS.

2- OS PMS EXPULSOS POR SUA VEZ CARREGAM TODA A CORPORAÇÃO NAS COSTAS PELO FATO DE UM GRUPO DE VALOROSO E CORAJOSOS POLICIAIS TENTAREM MUDAR A VIDA DE TODA A CLASSE POLICIAL MILITAR NO RIO, MAS SE ACOVARDARAM AGORA, POIS NÃO TEM CORAGEM NEM DE AJUDAR OS SEUS COLEGAS EXPULSOS E SUAS FAMÍLIAS A SOBREVIVEREM E NÃO RECONHECEM QUE JUNTOS E COESOS PODEM CONSEGUIR O MELHOR PARA A CLASSE E COVARDIA NÃO COMBINA COM A PROFISSÃO, E NÃO É DIGNO DA PROFISSÃO POLICIAL MILITAR, HOJE TENHO INFORMAÇÕES QUE EM EFETIVO DE MAIS DE 45 MIL HOMENS DE POLICIAS MILITARES NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO É INADMISSÍVEL A FALTA DE AJUDA COM SEUS IRMÃO DE FARDA EXCLUÍDOS, QUE NESTE MOMENTO PASSAM PRIVAÇÕES JUNTAMENTE COM SUAS FAMÍLIAS, ESPOSAS FILHOS COBRAM DOS EXCLUÍDOS ONDE ESTA O ESPÍRITO DE COLEGUISMO? O ESPÍRITO DE CORPO A UNIÃO E JURAMENTO DE TODA FAMÍLIA POLICIAL MILITAR COM SÓ CONSEGUEM ARRECADAR PARA AJUDAR OS EXCLUÍDOS SÓ R$ 2.800.00 REAIS PARA SEREM DIVIDIDOS ENTRE TODOS OS EXCLUÍDOS NO UNIVERSO DE 45 MIL HOMENS NÃO É NADA, PURO DESCASO E FALTA DE CORAGEM AO ABANDONAR SEU COLEGA AO ACASO E UM DESTINO DE PRIVAÇÕES SEM SALÁRIOS.

3- BOMBEIROS MILITARES CHEGARAM DEPOIS NAS LUTAS PELA APROVAÇÃO DA PEC 300 DERAM UM NOVO FÔLEGO NAS LUTAS E DEPOIS DE SUA GREVE FORAM PUNIDOS ANISTIADOS E USADOS POLITICAMENTE, E NO FINAL NA GREVE, PRISÕES E EXPULSÕES DOS TRABALHADORES DOS BOMBEIROS DO RIO DE JANEIRO HOJE OS EXCLUÍDOS SOBREVIVEM COM AJUDA DE TODOS SEUS PARES COM UMA DIFERENÇA DE SUMA IMPORTÂNCIA UNIÃO OS QUE SERVEM NA ATIVA NÃO ABANDONARAM OS EXCLUÍDOS MOSTRAM QUE ENTRE ELES O LEMA "JUNTOS SOMOS FORTES" ECOA EM TODA A TROPA FAMÍLIA DOS BOMBEIROS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO É FATO E CLARO QUE AO NÃO ABANDONAREM SEUS EXCLUÍDOS FORTALECERAM OS LAÇOS DE RESPEITO E ÉTICA GRATIDÃO AOS HOMENS QUE SACRIFICARAM SUA PROFISSÃO EM PROL DE TODA FAMÍLIA DO CORPO DE BOMBEIRO DO RIO DE JANEIRO O EXEMPLO FOI DADO EM VÁRIOS ESTADOS CABEM AGORA NÓS CONTINUARMOS AJUDANDO OS EXCLUÍDOS OU NÃO FARÁ SENTIDO NENHUM ESTA LUTA PELO RESGATE E DIGNIDADE DOS PROFISSIONAIS DA SEGURANÇA PÚBLICA DO BRASIL,O MOMENTO É DE UNIÃO E REFLEXÃO E AJUDA AOS IRMÃOS DO RIO DE JANEIRO SEM DEMAGOGIA OU USO POLÍTICO DE NOSSA LUTA.

"Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis." (Bertold Brecht)

Fonte: Blog QLO

sábado, 16 de junho de 2012

Tabela: Salário x Custo de Vida das Polícias Militares Brasileiras

De modo geral, no Brasil, a atenção salarial dada às polícias é inadequada, pela natureza do serviço e pelas necessidades sociais comuns a qualquer cidadão. Sempre se aponta a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) como a “prima rica” das polícias militares, já que por lá um soldado PM recebe quase R$5.000,00. Uma questão, porém, não é levada em consideração: qual o custo de vida que um soldado PM tem nos diversos estados do país? A partir desta comparação, entre custo de vida e salário, a PMDF continua sendo a melhor paga do país?


Para promover este debate, tivemos a curiosidade de pesquisar – em fontes informais – o salário atual das polícias militares (soldados 1ª Classe) e o custo de vida de cada capital do país. Neste exercício de curiosidade, descobrimos que, certamente, a Polícia Militar de Sergipe é a PM que possui o salário mais vantajoso do Brasil, enquanto a Polícia Militar do Rio de Janeiro possui o pior salário do país. A PMDF, conforme nossos critérios, tem o 13º salário: Clique na imagem para aumentá-la
Provavelmente, leitores encontrarão desacertos no valor dos salários e até discordarão dos índices de custo de vida, e até mesmo da metodologia – que não é científica nem definitiva. Outras pesquisas semelhantes podem ser feitas, qualificando os resultados. Por enquanto, nosso objetivo foi alcançado: mostrar que salário é uma medida relativa, não absoluta.

Autor: Danillo Ferreira - Tenente da Polícia Militar da Bahia, associado ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública e graduando em Filosofia pela UEFS-BA. | Contato: abordagempolicial@gmail.com

sábado, 9 de junho de 2012

CONVOCAÇÃO NACIONAL: PANELAÇO NA RIO +20 PELO REAJUSTE SALARIAL


Agora é a hora de todos se unir em prol da segurança pública brasileira. Especialmente Bombeiros e PMs do Rio, que sediará a RIO +20, junto com os militares das Forças Armadas, familiares, amigos, cobrando salário, dignidade, anistia criminal e demonstrando ao mundo o quão difícil é ser militar no Brasil.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Trabalhadores da Segurança Pública criam Fórum e marcam protesto em conjunto.

     Na manhã desta segunda-feira (04/06) os representantes das classes ligadas à Segurança Pública de Pernambuco, se reuniram na sede do Sindicato dos Policiais Civis (SINPOL/PE) e oficializaram a criação do Pacto pela Valorização dos Trabalhadores da Segurança, um Fórum permanente de discussão sobre o Programa Pacto pela Vida, com foco na falta de condições de trabalho, baixa remuneração, falta de efetivo, excesso de carga horária, pressão para atingir metas, falta de equipamentos de proteção, cumprimento de formalidades ilegais e outros problemas em comum, enfrentados pelos operadores da Segurança no Estado.

 Entre as primeiras ações do grupo, foi agendado um protesto geral para o próximo dia 11 de JULHO, às 15h, em frente ao Movimento Tortura Nunca Mais, na Rua da Aurora, no bairro da Boa Vista.

    Participam do Pacto pela Valorização: Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol/PE), Associação de Peritos Papiloscópicos (Asppape), União dos Escrivães de Polícia (Uneppe), Associação Pernambucana de Medicina e Odontologia Legal (Apemol), Associação de Comissários de Polícia (Acomp/PE), Associação da Polícia Científica (Apoc/PE), Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciários de Pernambuco (Sindaspe), Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS-PE), Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Asspe), e Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário de Pernambuco (Aspepe).

  Na reunião, foi firmado o compromisso de traçar ações conjuntas em defesa dos direitos e pela valorização profissional de todas as categorias de operadores da Segurança, inseridas no Pacto pela Vida. O grupo irá se reunir todas as segundas-feiras e dá início hoje a mobilização para o grande ato, em conjunto, de protesto dia 11 de JULHO. 


Fonte: Marcos Antonio Repórter Policial. araujoimprensa@gmail.com