Seguidores

Mostrando postagens com marcador tiradentes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador tiradentes. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 21 de abril de 2014

O que mudou de Tiradentes até hoje? Sua morte e as incoerências do Brasil


Hoje é o dia oficial contra a exploração tributária que Portugal a metrópole, impunha ao Brasil colonia. O que mudou de lá pra cá? Antes eram os patrícios que nos exploravam. Fomos subtraídos ainda por franceses, holandeses, ingleses. Até aí era quase terra de ninguém. Passados séculos fica a pergunta que não quer calar, o que mudou? Continuamos com uma das maiores cargas tributárias do país, alugamos, como diria Raul Seixas, o Brasil para a FIFA fazer o circo Copa 2014, obras superfaturas, trabalhadores morrendo nas obras e a falácia de um partido que está no poder e ironicamente tem o nome de "Trabalhador". Para completar as incoerências brasileiras, deixo mais uma pergunta para a reflexão dos senhores: Quem matou Tiradentes? Provavelmente as polícias da qual ele posteriormente virou patrono...e inclusive chegou a servir no posto de subtenente. Só no Brasil mesmo...Talvez Tiradentes dissesse o óbvio, de que hoje somos reféns de nós mesmos, da ganância nossa de cada dia, dos corruptos, do jeitinho brasileiro.

sábado, 21 de abril de 2012

O que diria Tiradentes se estivesse vivo?

        
          Por Marcelo Anastácio
          Blog No Q.A.P

       As datas comemorativas geralmente trazem uma carga de hipocrisia, especialmente esta de 21 de abril, onde se comemora a Inconfidência Mineira, movimento revolucionário contra os tributos abusivos de Portugal e a favor da criação de um governo Republicano. Na época, dentre os intelectuais condenados nessa conspiração estava o Joaquim José da Silva Xavier, popularmente conhecido como Tiradentes. Porquê hipocrisia nesta data? Quem prendeu e esquartejou Tiradentes? Se não foi a polícia da época, quem mais poderia ter sido? E depois de tamanha injustiça, Tiradentes vira o patrono das polícias militares do Brasil, uma piada de mau gosto.

            Se no passado Tiradentes morreu defendendo seus ideais, suas crenças e valores, como é que ele reagiria nos dias de hoje? Polícias com problemas crônicos que vão da falta de efetivo, escalas desumanas, viaturas ora sucateadas, ora superfaturadas, alguns comandantes ímprobos, que proíbem o praça de fazer um lanche no comércio, mas, no final do ano mandam buscar caixas de uísque, cerveja, frutas, carne. Eles vivem a ética da conveniência, como dizia vovó: - "farinha pouca, meu pirão primeiro." 

             Se olharmos para o Congresso e a grande maioria da classe política, qual o motivo real para comemorarmos essa data? Que aliás, não deveria ser feriado, tinha que ser o dia de trabalho, luta e conscientização. Comemorar o quê? Polícia mantando juíz, estuprando morador, comandante comandando tráfico de drogas, político flagrado com dinheiro na cueca, e os bons policiais, a maioria, ganhando miséria pra arriscar a vida em nome de uma sociedade ingrata.

            O que diria Tiradentes ao ver policiais e bombeiros sendo presos e excluídos por reivindicar melhores salários?

            O Brasil precisa Tiradentes de muita gente...quantos Tiradentes serão necessários, para devolver o país aos brasileiros? O que diria Tiradentes se estivesse vivo?

             
             Marcelo Anastácio
             Blog No Q.A.P