Seguidores

Mostrando postagens com marcador travestis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador travestis. Mostrar todas as postagens

sábado, 10 de setembro de 2011

No país da Copa: De volta à Lapa antiga, até com briga de facão

Travestis armam confusão na frente de guardas municipais, que não contêm tumulto
POR FERNANDA ALVES
Rio - Até parecia a Lapa dos anos 30, do transformista Madame Satã. Cenas de duelo com faca foram flagradas por equipe de O DIA na madrugada de quarta-feira. Quatro travestis, um armado com facão, discutiam em frente ao posto de Secretaria de Ordem Pública e diante de guardas municipais, que não conseguiram conter a briga.
O conflito só acabou meia hora depois, quando a PM chegou. Roubos, furtos e brigas tiram a paz de quem escolhe as noites boêmias da região para se divertir. De janeiro a junho, 3.515 furtos e 1.001 roubos (com uso de arma) já foram registrados na delegacia da área, a 5ª DP (Mem de Sá).
Susto para turistas
A discussão entre os travestis ocorreu na Rua Mem de Sá, ao lado dos Arcos da Lapa, principal ponto turístico do bairro. Turistas e frequentadores se assustaram com as cenas. Para a presidente da Associação de Travestis e Transexuais da Lapa, Luana Muniz, a falta de segurança do bairro proporciona esses episódios. “Já corri atrás de ‘craqueiro’ ladrão por falta de policial”, revela.
Foto: Reprodução de vídeo
Sem se aproximar, guardas municipais tentam conter a investida furiosa do travesti armado de facão. Confusão foi em frente ao posto da Seop | Foto: Carlos Mancuso / Agência O Dia
Moradora da Lapa, a jornalista Monique Ferreira, 22 anos, foi assaltada no bairro há dois meses e evita andar sozinha desde então. “Só colocam policiamento nas ruas principais, onde passam turistas”, reclama.
O presidente do Polo Novo Rio Antigo, associação de comerciantes da região, Ismar Manso, critica o pouco efetivo de PMs e guardas municipais nas ruas do bairros. Mas pede agentes capacitados. “Já ouvi reclamações de pessoas assaltadas na frente de guardas e policiais e que eles não fizeram nada”, revelou. Seu restaurante no bairro já foi assaltado duas vezes.
‘Eles deviam ter atitude mais incisiva’
O comandante da Guarda Municipal, coronel Lima Castro, informou que enviará o vídeo para a Corregedoria da instituição e os agentes terão que prestar esclarecimentos. “Eles deviam ter tido atitude mais incisiva, desarmando o agressor e o encaminhado à delegacia”. E garantiu que as rondas com a Polícia Militar, suspensas desde o fim do 13º BPM (Praça Tiradentes), serão retomadas no bairro.
Fonte: ODIA
http://odia.terra.com.br/portal/tvodia/videos/O_DIA_ONLINE_TV_O_DIA_tumulto_na_lapa.shtml